História

Ler também: Calendário

A história de Midgard durante muitos séculos foi contada apenas pelos teólogos, somente depois da criação das universidades na República Livinhana, estudos pretensamente não religiosos começaram a ser feitos. Contudo, mesmo depois destes, a história permanece cheia de contos e lendas fantásticos que ninguém pode provar se ocorreram, mas quase todos crêem na sua veracidade. Alguns poucos não acreditam nessa versão mítica dos fatos, na verdade há quem não acredite nem na existência dos deuses. Atribuem à mana os efeitos tidos como divinos, o que é impensável para a gigantesca maioria da população.

Nas próximas páginas estão expostos tanto a versão “oficial”, ou pelo menos a mais aceita, dos fatos históricos de Midgard, quanto as Revelações, que são a base da teologia politeísta. Os períodos históricos são denominados da seguinte forma:

- A Criação (1ª Revelação): conta a história da criação dos deuses, de Midgard e dos mortais. O atual conhecimento dessa era é baseado exclusivamente na Revelação que Frigga, a deusa mãe, enviou através de suas mensageiras.

- O Crescimento: seu estudo é baseado em manuscritos, histórias e canções. Nesse período, os mortais deixam de ser algo próximo de simples animais e criaram grandes civilizações.

- O Conflito (2ª Revelação): conta a história da Grande Guerra que os mortais vivenciaram há poucos anos. Esse conflito foi previsto por Frigga, mas seu estudo se baseia em documentos relativamente recentes.

- O Fim (3ª Revelação): não se sabe quando acontecerá, nem mesmo se essa Revelação é verídica ou uma grande mentira das mensageiras. Nessa história são descritos os últimos 20 dias desse mundo, quando a falta de fé levaria ao Fim de Midgard.

A data dos eventos tem como referência o ano em que ocorreu o Dia das Revelações como sendo o “primeiro”. Assim, 100 anos antes do Dia das Revelações é anotado como 100ADR e 100 anos depois como 100DDR. Esse calendário é o mais utilizado e aceito em Midgard, contudo não é o único. Antes de ele existir, cada povo tinha os seus próprios sistemas de datas, que foram quase completamente esquecidos; suas referências são encontradas apenas em documentos antigos. A Guilda dos Magos tenta implementar um novo calendário, tendo o Fim da Grande Guerra (FGG) como marco inicial. Todavia, apenas uma minoria o utiliza. Mesmo os entusiastas da Guilda já estão acostumados com o tradicional.




Índice da História

1ª Revelação

O Crescimento
A Guerra dos Dragões
As Primeiras Civilizações Florescem
Mais Povos se Organizam
As Expansões
As Nações Novas Surgem
O Dia das Revelações
A Era de Ouro
Os Fundamentos do Conflito

A 2ª Revelação – O Conflito
A Independência de Nelik e o Fim do Sultanato
A Nova Expansão da República
Os Dragões Voltam a Guerrear
A Peste Sem-Fim
A Fundação da Guilda dos Magos
A Era da Pólvora
O Epílogo

A 3ª Revelação – O Fim

5 Comentários:

At 1:40 PM, Blogger ­Schattigerwolf posta...

Então... não é querendo ser O Chato nem O Folgado, mas quando é que esse tópico "História" será terminado? rs

 
At 8:45 AM, Blogger GURPS Melendor posta...

Não há previsão, mas espero que não demore muito...

 
At 2:01 PM, Blogger ­Schattigerwolf posta...

Vocês têm MSNs pra trocarmos idéias e materiais em tempo real? =]

 
At 12:39 PM, Blogger Eduardo Andrade posta...

This comment has been removed by the author.

 
At 12:41 PM, Blogger Eduardo Andrade posta...

Tenho G-talk: gurpsmelendor@gmail.com

abraços

 

Post a Comment

RETORNAR À PÁGINA PRINCIPAL